As votações do PT Awards 2019 começam em breve!16 September, 2019

Crítica | “K-12”, da Melanie Martinez é Bom?

Anos após o grande sucesso do “Cry Baby“, Melanie Martinez surge novamente de forma inovadora. Seu novo álbum, “K-12“, mantem a estética de seu antecessor, apesar de parecer mais do mesmo, Melanie completa o ciclo da personagem perfeitamente.

O álbum foi lançado em conjunto de um filme, onde é continuada a história da personagem Cry Baby, interpretada pela Melanie. Além de temas como assédio, vícios em bebidas, sexualidade, drogas e assassinatos, o “K-12” fala mais sobre abuso de autoridade, estética e amor próprio.

É de bater palmas com os pés a estratégia da cantora em lançar um filme musical, onde todas as faixas do álbum estão no filme, isso evitou que o processo musical se repetisse e se tornasse enjoativo, com uma ideia inovadora dentre o que está sendo feito hoje em dia.


Sem dúvidas, os artistas irão pensar 2 vezes em lançar somente álbuns, e poderemos ver muitos filmes musicais pela frente. Isso tudo, devido ao grande sucesso que o filme e o álbum tiveram, mesmo sendo lançado anos depois do primeiro álbum, o que não acarretou num cansaço e também ajudou a cantora a produzir um bom trabalho.

Confere abaixo nosso faixa à faixa – audiovisual – do álbum!

O filme/álbum se dá inicio com “Wheels on the Bus“, que fala sobre o início da Cry Baby no inferno (terra), o qual também aborda o Bullying que a personagem sofre por optar ser diferente dos demais ao seu redor.

“Porque Maya está deixando Dan colocar a mão na saia dela
E ela está com a mão dentro das calças dele

Eu sei que o motorista está vendo
Eu sei que ele fica olhando pelo retrovisor
E não diz nada”

Na letra, ela fala sobre adultos estarem sempre vendo o que acontece, mas ninguém fala nada. Além do mais, por que meninas precisam usar rosa e meninos azul?

A faixa é incrivelmente doce e suave com significados totalmente pesados e reflexivos, a melodia voa entre buzinas do ônibus, o que torna atrativo a quem percebe a melodia. Já sobre o filme, a gente descobre nessa parte que Melanie é diferente dos outros não só em sua forma de pensar, mas ela também tem alguns poderes especiais, aos quais não são explicado ainda.

Resultado de imagem para k12 melanie

Enquanto aborda a rivalidade entre as garotas do internato e vícios dos professores em drogas, a fotografia e efeitos especiais da obra é bem orquestrada, não é de ser algo surpreendente, pois em determinados momentos você percebe o que se trata de efeitos visuais.

Resultado de imagem para k12 melanie effects

A faixa “The Principal” fala mais sobre decisões e quais os seus princípios para tomar determinadas ações, e de como algo simples machuca o próximo. A faixa vem acompanhada de uma coreografia no filme, o que deu inicio a um lado mais “sexual” à Melanie, ao qual ainda não tinha-mos visto.

ISSUE 20 2019 - DO NOT REUSE

“Sim, suas ações machucam, assim como suas palavras
Quanto mais você tenta nos ferrar
Mas estaremos lá gritando na sua porta da frente”

Dentro da trama, vemos a morte do diretor, e não sintam pena, ele é super escroto.

Resultado de imagem para k12 melanie The Principal

Strawberry Shortcake” é feita sem nenhum defeito, tanto musicalmente quanto visual. A música fala sobre assédio e como as mulheres são culpadas pro tudo que acontece em seus corpos. Um exemplo prático é o assédio ser culpa da mulher por “não ter colocado uma cobertura”, como a própria música sugere.

“É minha culpa, é minha culpa, porque eu coloquei cobertura em cima
Agora os garotos querem provar essa torta de morango
É meu erro, é meu erro, ninguém os ensinou a não agarrar”

ISSUE 20 2019 - DO NOT REUSE

Durante um dos intervalos no internado, Cry Baby é convidada pela vilã a ser sua amiga, é aí que “Lunchbox Friends” entra e debate um pouco sobre amizades verdadeiras, na letra ela fala que está farta de coisas superficiais e só querer alguém que apoie ela e vá pra casa para pintarem os cabelos juntos.

“Depois do almoço, podemos caminhar para a aula
Falar sobre os meninos que queremos pegar
Falar sobre formas de ganhar um pouco mais de dinheiro
Depois disso, eu vou te ignorar”

Em seguida, vemos como outras pessoas e o nosso meio ao redor nos manipula a seguirmos um padrão estético, nos fazendo se encher de coisas que nos fazem mal apenas pra agradar um nicho. “Orange Juice” é doce quando cantada mas amarga como um suco de laranja sem açúcar quando é levada a sério. Os efeitos especiais e a fotografia dessa parte no filme é feita com tanta calma e sincera que faz você se sentir bem por ser apenas você, sem seguir um padrão alheio.

ISSUE 20 2019 - DO NOT REUSE

“Por favor, diga que você não vai continuar
Pedindo laranjas do cardápio
Enchendo sua boca com tecido
A sua aparência não é um problema”

Após a cena musical, nos temos um dialogo rico e encorajador entre Cry Baby e sua nova amiga, no diálogo a personagem fala sobre querer dar seus olhos à outra pessoa, pra que ela possa ver o quão incrível ela é, somente sendo ela e que não devemos confiar no amor de pessoas superficiais, pois elas não saberão nos amar como merecemos.

Quer ver esse diálogo? é só dar play, a gente separou a parte no momento em que é falada:

Dentre outra músicas o filme se finaliza deixando um plot twist ao final, o que demonstra o interesse de Melanie em trazer uma continuação ao filme, quem sabe em seu próximo álbum. Assim como o álbum “Cry Baby“, o “K12” é um hibrido doce que precisa ser ouvido e levado a sério, seja lá qual idade você tenha.

Anos após o grande sucesso do "Cry Baby", Melanie Martinez surge novamente de forma inovadora. Seu novo álbum, "K-12", mantem a estética de seu antecessor, apesar de parecer mais do mesmo, Melanie completa o ciclo da personagem perfeitamente. O álbum foi lançado em conjunto de um filme, onde é continuada a história da personagem Cry Baby, interpretada pela Melanie. Além de temas como assédio, vícios em bebidas, sexualidade, drogas e assassinatos, o "K-12" fala mais sobre abuso de autoridade, estética e amor próprio. É de bater palmas com os pés a estratégia da cantora em lançar um filme musical, onde…
Apesar de ter um roteiro fraco, "K-12" consegue dar continuidade a uma história já iniciada sem nenhum problema e com total certeza de si, seja visual ou sonora.

"K-12" - Álbum/Filme

Músicas
Letras
Roteiro
Montagem e Efeitos especiais

Nota POPTime

Apesar de ter um roteiro fraco, "K-12" consegue dar continuidade a uma história já iniciada sem nenhum problema e com total certeza de si, seja visual ou sonora.

Assistir ao filme
User Rating: 4.4 ( 38 votes)

19 anos - 🥀 CEO do PTBR. ator. cantor. aspirante à publicitário. diretor e roteirista de @acupulabr. designer gráfico. e freelancer nas horas vagas.